FEED Competitividade

A participação de executivos no FEED acontece em três fases.

Fase 1

Preparatória, por meio de inscrição e preenchimento do questionário de competitividade (respostas confidenciais).

  • Empresários e sócios de empresas são convidados a participar do FEED;
  • Interessados cadastram-se e questionário de competitividade é preenchido online até uma semana antes do evento (Fase 2);
  • Acesse aqui o formulário online e inicie sua participação.

Fase 2

Evento, com debate sobre resultados gerais dos participantes, estudos de caso e networking.

  • Evento de 4 horas de duração (uma manhã), com entrega dos relatórios individuais de competitividades aos participantes;
  • Apresentação e discussão da média dos resultados do diagnóstico de competitividade e discussão dos 2-3 temas de maior carência coletiva (não serão discutidos/expostos resultados individuais).

Fase 3

Reunião individual pós-evento com consultores FDC e LEAD (revisão do resultado individual e oportunidades).

  • Após realização da Fase 2, em dia/horário a ser agendado, os participantes se reúnem com os coordenadores do FEED (FDC e LEAD) para uma conversa sobre os respectivos resultados individuais e oportunidades de melhoria de competitividade e acesso a capital de crescimento.

Por que participar do FEED Competitividade?

Mesmo empresas bem-sucedidas ficarão sem espaço para crescer em negócios nos quais atua; mais cedo, ou tarde, são obrigadas a se reinventarem. No Brasil, as nove empresas de pequeno e médio porte que mais cresceram, entre 2003 e 2005, sequer fazem parte da lista das 250 com maior crescimento, entre 2010 a 2012.

Assista aos vídeos:
Opinião dos ParticipantesPalavra dos Coordenadores

Perpetuidade dos negócios

Levantamentos de mercado indicam que garantir a perpetuidade empresarial é um contínuo desafio imposto a executivos brasileiros: mais de um quarto das empresas nascidas no Brasil, em 2005, já haviam falecido no ano de 2013. Como é possível, então, garantir a perpetuidade dos negócios? Resultados de pesquisa conduzida pela Fundação Dom Cabral indicam alguns padrões de comportamentos observados em empresas brasileiras duradouras:

  • Existência de sólidos valores e identidade organizacional;
  • Alta capacidade de superar momentos de crise;
  • Líderes capazes de preparar a empresa para o futuro e reverter decisões de alto risco.
 

Criação de valor dos negócios

Compreender a arte de criar, entregar e capturar “valor” no mercado é fundamental para executivos que buscam desenvolver modelos de negócios lucrativos e eficazes. O verdadeiro valor criado pelas empresas deve ser o resultado de dois fluxos, respectivamente orientados aos clientes e acionistas. Clientes desinteressados não estarão dispostos a pagar os preços dos produtos e/ou serviços oferecidos pela empresa, os quais sustentam a viabilidade do negócio. Por isso, no fluxo de valor para os clientes, as empresas devem desenvolver uma proposta de valor consistente. Acionistas insatisfeitos deixarão a empresa à deriva, seja por ausência, baixa qualidade na tomada de decisões, ou falta de investimentos. Assim, no fluxo de valor para os acionistas, é importante que a empresa esteja atenta à sua estrutura de custos e desenvolva relações com parceiros estratégicos ao negócio.

Competitividade e reinvenção dos negócios

O grande desafio consiste em saltar do estágio de maturidade de um negócio para o estágio de crescimento do negócio seguinte. Isso é o que distingue organizações de alto desempenho daquelas cuja permanência no topo é breve. Elas repensam a estratégia e o modelo de negócios antes que o crescimento esteja em declínio. Para tal, empreendem três principais práticas:

  • Ficam atentas aos extremos de crescimento da empresa e dos mercados, para evitar a miopia provocada pelo sucesso (competitividade, benchmarking);
  • Fazem mudanças na equipe gestora de maneira mais radical do que seus concorrentes e antes que essa necessidade se torne gritante (meritocracia);
  • Trabalham com uma “folga de talentos”, cultivando pessoas com competências para fazer crescer novos negócios (empresas são basicamente pessoas e processos).

Inovação e Planejamento

Estratégico

Excelência em gestão empresarial e posicionamento competitivo

Confira a programação dos próximos eventos:

FASE 1: cadastro e preenchimento do questionário de competitividade. Empresários, sócios de empresas e diretores executivos estão convidados a participar do FEED COMPETITIVIDADE (não há custo para isso). Basta realizar o cadastro e preencher o formulário até 29/5/2015. As respostas individuais são confidenciais e não serão compartilhadas com terceiros;

FASE 2: evento acontecerá em Minas Gerais dia 11/6/2015, das 8h30 às 13h00, quando os relatórios individuais serão entregues. A discussão entre os participantes acontecerá exclusivamente com base nos resultados médios do grupo participante.
Local: Fundação Dom Cabral
Campus Aloysio Faria (Alphaville) - Av. Princesa Diana, 760 – Alphaville - Lagoa dos Ingleses - Nova Lima/MG

FASE 3: reuniões para feedback individual com cada empresa/participante serão definidas em conjunto ao longo de Junho/2015.

Local: Fundação Dom Cabral
Campus Aloysio Faria (Alphaville) - Av. Princesa Diana, 760 – Alphaville - Lagoa dos Ingleses - Nova Lima/MG

Confira os moderadores dos eventos do FEED Competitividade:

...

Prof. Dr. Carlos Arruda

Especialista em Competitividade Empresarial

  • Doutor em Administração Internacional, pela University of Bradford, Inglaterra;
  • Professor na área de Inovação e Competitividade, Diretor Executivo Adjunto de Parcerias Empresariais e Gerente do Núcleo de Inovação e Empreendedorismo da Fundação Dom Cabral – FDC;
  • Na FDC, foi Diretor de Relações Internacionais, Diretor Executivo do Conselho Internacional e Diretor de Desenvolvimento e Finanças, Diretor do Programa MBA Empresarial e Coordenador do Núcleo de Internacionalização e Competitividade;
  • Membro do Conselho Assessor do Kellogg Innovation Network (EUA), do conselho da Universidade de Angola (Angola);
  • Coordenador, no Brasil, dos Estudos World Competitiveness Yearbook do IMD e do Global Competitiveness Report do World Economic Fórum;
  • Autor e co-autor de diversas publicações no Brasil e exterior, sobre os temas: internacionalização de empresas; competitividade internacional; gestão da inovação, longevidade empresarial e empreendedorismo, incluindo os livros “Internacionalização de empresas brasileiras”, “Em busca do futuro – a competitividade no Brasil” e “Brazil Competitiveness Report 2009”.
...

Prof. Samir Lótfi

Especialista em Estratégia Empresarial

  • Doutorando em Administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV – EAESP).
  • Mestre em Administração, pela Universidade de São Paulo - USP, 2010;
  • Professor Assistente de Estratégia e Gestão Empresarial da Fundação Dom Cabral – FDC;
  • Orientador de Projetos Empresariais nas áreas de Estratégia e Gestão Empresarial no MBA Executivo;
  • Pesquisador no Núcleo de Estratégia e Economias Emergentes e Núcleo Vale de Desenvolvimento de Liderança da Fundação Dom Cabral - FDC, desde 2006;
  • Foi professor em cursos de graduação do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG), nas disciplinas de Administração Estratégica e Planejamento Estratégico;
  • Foi monitor acadêmico do Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper - SP), na disciplina Estratégia Organizacional;
  • Foi monitor acadêmico da Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (FEA - USP), na disciplina de Planejamento Estratégico.

2º FEED Competitividade

O primeiro evento do Fórum de excelência empresarial e diagnóstico de competitividade (FEED Competitividade) aconteceu em 2014.
Abaixo alguns dos 20 CEOs e sócios de empresas participantes.

Aqui você conhece as próximas programações do FEED Competitividade.

Excelência em gestão empresarial, governança

e acesso a capital de crescimento de negócios

Realização